>para você ler...

Dúvidas Bíblicas

Por que não devemos venerar imagens?

“Então, falou Deus todas estas palavras: Eu sou o SENHOR, teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.   Não terás outros deuses diante de mim.   Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.   Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem   e faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos”. (Êxodo 20:1-6 RA).

“No céu está o nosso Deus e tudo faz como lhe agrada.   Prata e ouro são os ídolos deles, obra das mãos de homens.   Têm boca e não falam; têm olhos e não vêem” (Salmos 115:3-5 RA).

“Pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!” (Romanos 1:25).

“Que aproveita o ídolo, visto que o seu artífice o esculpiu? E a imagem de fundição, mestra de mentiras, para que o artífice confie na obra, fazendo ídolos mudos?” (Habacuque 2:18).

“Todo homem se tornou estúpido e não tem saber; todo ourives é envergonhado pela imagem que esculpiu; pois as suas imagens são mentira, e nelas não há fôlego.   Vaidade são, obra ridícula; no tempo do seu castigo, virão a perecer.   Não é semelhante a estas aquele que é a Porção de Jacó; porque ele é o criador de todas as coisas, e Israel é a tribo da sua herança; SENHOR dos Exércitos é o seu nome”. (Jeremias 51:17-19 RA).

“Guardai, pois, cuidadosamente, a vossa alma, pois aparência nenhuma vistes no dia em que o SENHOR, vosso Deus, vos falou em Horebe, no meio do fogo; para que não vos corrompais e vos façais alguma imagem esculpida na forma de ídolo, semelhança de homem ou de mulher” (Deuteronômio 4:15 e 16).

“Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro e eu sou o último, e além de mim não há Deus.   Quem há, como eu, feito predições desde que estabeleci o mais antigo povo? Que o declare e o exponha perante mim! Que esse anuncie as coisas futuras, as coisas que hão de vir!   Não vos assombreis, nem temais; acaso, desde aquele tempo não vo-lo fiz ouvir, não vo-lo anunciei? Vós sois as minhas testemunhas. Há outro Deus além de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça.   Todos os artífices de imagens de escultura são nada, e as suas coisas preferidas são de nenhum préstimo; eles mesmos são testemunhas de que elas nada vêem, nem entendem, para que eles sejam confundidos.   Quem formaria um deus ou fundiria uma imagem de escultura, que é de nenhum préstimo?   Eis que todos os seus seguidores ficariam confundidos, pois os mesmos artífices não passam de homens; ajuntem-se todos e se apresentem, espantem-se e sejam, à uma, envergonhados.   O ferreiro faz o machado, trabalha nas brasas, forma um ídolo a martelo e forja -o com a força do seu braço; ele tem fome, e a sua força falta, não bebe água e desfalece.   O artífice em madeira estende o cordel e, com o lápis, esboça uma imagem; alisa -a com plaina, marca com o compasso e faz à semelhança e beleza de um homem, que possa morar em uma casa.   Um homem corta para si cedros, toma um cipreste ou um carvalho, fazendo escolha entre as árvores do bosque; planta um pinheiro, e a chuva o faz crescer.   Tais árvores servem ao homem para queimar; com parte de sua madeira se aquenta e coze o pão; e também faz um deus e se prostra diante dele, esculpe uma imagem e se ajoelha diante dela.   Metade queima no fogo e com ela coze a carne para comer; assa -a e farta-se; também se aquenta e diz: Ah! Já me aquento, contemplo a luz.   Então, do resto faz um deus, uma imagem de escultura; ajoelha-se diante dela, prostra-se e lhe dirige a sua oração, dizendo: Livra-me, porque tu és o meu deus.   Nada sabem, nem entendem; porque se lhes grudaram os olhos, para que não vejam, e o seu coração já não pode entender.   Nenhum deles cai em si, já não há conhecimento nem compreensão para dizer: Metade queimei e cozi pão sobre as suas brasas, assei sobre elas carne e a comi; e faria eu do resto uma abominação? Ajoelhar-me-ia eu diante de um pedaço de árvore?   Tal homem se apascenta de cinza; o seu coração enganado o iludiu, de maneira que não pode livrar a sua alma, nem dizer: Não é mentira aquilo em que confio?   Lembra-te destas coisas, ó Jacó, ó Israel, porquanto és meu servo! Eu te formei, tu és meu servo, ó Israel; não me esquecerei de ti”. (Isaías 44:6-21 RA).

“Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira”. (Apocalipse 22:15).

“Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto”. (Mateus 4:10).

Pelos textos acima podemos compreender o que é desagradável a Deus:

1)      Deus não quer que venhamos adorar ou prestar culto a alguém ou algo em seu lugar.

2)      Deus não quer que venhamos a adorar a criatura em lugar dEle

3)      O ídolo pretende ter o poder de criar, mas só Deus é o criador.

4)      Deus não quer que façamos alguma imagem esculpida dEle, para nos ajoelharmos diante desta imagem.

5)      Devemos prestar culto somente a Deus.

Pelas considerações acima, fica claro que usar alguma ilustração dos discípulos ou outro personagem bíblico para adorar, ou fazer petições a esta pessoa a não ser a Deus, não está em harmonia com os princípios da Bíblia.

Podemos admirar e seguir o exemplo de cristãos do passado, mas jamais fazer deles nosso modelo. Jesus é o nosso modelo. A ele somente devemos adorar.

Por outro lado, Deus nunca condenou a habilidade artística de pintar, bordar e até esculpir.

Conforme você bem notou, Deus ordenou a construção do santuário no deserto incluindo  a Arca da Aliança. Esta arca não era para ser vista, nem adorada, mas era o local onde Deus revelava a sua glória e o lugar da habitação de Deus junto ao seu povo.

O Espírito Santo ordenou e deu habilidade para serem feitos desenhos, esculturas várias, bordaduras de anjos nas cortinas e outras obras artísticas. Veja abaixo:

“Os filhos de Israel trouxeram oferta voluntária ao SENHOR, a saber, todo homem e mulher cujo coração os dispôs para trazerem uma oferta para toda a obra que o SENHOR tinha ordenado se fizesse por intermédio de Moisés.   Disse Moisés aos filhos de Israel: Eis que o SENHOR chamou pelo nome a Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá,   e o Espírito de Deus o encheu de habilidade, inteligência e conhecimento em todo artifício,   e para elaborar desenhos e trabalhar em ouro, em prata, em bronze,   e para lapidação de pedras de engaste, e para entalho de madeira, e para toda sorte de lavores.   Também lhe dispôs o coração para ensinar a outrem, a ele e a Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã.   Encheu-os de habilidade para fazer toda obra de mestre, até a mais engenhosa, e a do bordador em estofo azul, em púrpura, em carmesim e em linho fino, e a do tecelão, sim, toda sorte de obra e a elaborar desenhos”. (Êxodo 35:29-35 RA).

Portanto o que Deus condena não é um desenho, ou um entalhe, ou uma pintura. O que ele condena é colocarmos alguma coisa no lugar de Deus em nossa vida.

Deus ama o belo. Ele quer que seus filhos olhem ao redor e em tudo lembrem-se dEle. O que ele não pode tolerar é o seu povo aceitar alguém ou algo como o seu salvador pessoal (isto é o que caracteriza um ídolo).

(AT 4:12) – E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos.

Tenho a certeza de que o (a) irmão (ã) ama muito a Jesus. Deus está procurando adoradores como você nestes últimos dias.

Os Judeus dos dias de Cristo multiplicaram as leis a tal ponto que tornaram a religião um fardo insuportável. Jesus veio nos libertar destas ordenanças multiplicadas por homens e não dadas por Deus. Os mandamentos de Jesus são razoáveis. São para o nosso bem. Libertam. Os mandamentos inventados pelos homens nos privam de coisas boas que Deus permite porque em nada atrapalham a vida cristã.

Ser um cristão não significa deixar de lado tudo que é belo ou alegre. Mas antes, consiste em ver nas coisas alegres e belas, a bondade de Deus e dar glória a Ele. A tarefa prioritária de cada Cristão de adorar a Deus (com todo o ser) está profetizada no Apocalipse:

Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.
(Apocalipse 14:6 e 7)

Que você e eu possamos ser estes adoradores fiéis dos últimos dias.

Curso Descobertas Bíblicas

Inicie um curso maravilhoso sobre a Palavra de Deus:

Nossas atualizações

Faça sua inscrição e receba nossos conteúdos.

TESTE SUA SAÚDE ESPIRITUAL

Faça o teste e receba em seu e-mail uma avaliação e orientações espirituais:

Inicie agora mesmo!

Um estudo para você alcançar o poder de Deus. São oito lições e você recebe um CERTIFICADO no final:

Registre sua oração

Participe e divulgue!

Receba todas as atualizações em seu e-mail:

Coloque o seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

FIQUE DE OLHO:

Músicas, apresentações, livros e muito mais.

Receitas Exclusivas

Dr. Ricardo Vargas apresenta seu catálogo especial de receitas vegetarianas: